SELECIONADOS.png

O Festival dos Invisíveis recebeu 532 inscrições durante o período de 28/12/21 a 15/01/22, oriundas de 25 estados brasileiros. O evento virtual reúne cinema, performances, breves cenas e outras produções artísticas realizadas nas periferias brasileiras. 

A curadoria teve como objetivo selecionar 5 curtas, 10 clipes musicais e 5 vídeos  (breves cenas, performances, videoartes). Segue a abaixo os selecionados dessa 1ª edição do Festival dos Invisíveis.

Categoria Curtas
Neguinho (RJ) –  Marçal Vianna
Janelas Daqui (RJ) – Luciano Vidigal e Arthur Sherman
Matrero, a rua é seu terreiro (SP) – Moita e Vinicius Moreira
O Vulto (AL) – Wladymir Lima
Pardal (MT) – Felippy Damian e Ângela Coradini

Categoria Clipes

Progresso pras Pretas (SP) – Mana Black
Destaque (GO) – Will Its
Amélia x Geni (RO) – Negra Mari
1912 (AL) – Tequilla Bomb feat. Terra Treme
Melhor Assim (RJ) – Cesanne
Território do Bem (ES) – O Clipe
Batidão (MA) – Enme
Se Vacilar, Pow (ES) – Ilus
Segue o Baile (RJ) – Herança Negra
Tudo Eu (SP) – Amiri

Categoria Videoarte, Perfomance, Monólogos e Breves Cenas
A jornada de um herói (RJ) – Alessandra Fernandes
“Os Sapatinhos Vermelhos” (SP) – Apollo Faria
Ave de Arribação (RO) – Fabiano Tertuliano Barros
Constança (RN) – Paulo Lima
Tráfegos em travessias (MA) – Doroti Martz

Além das categorias selecionadas e como forma de valorizar os artistas rondonienses será apresentado um pocket show a cada dia de transmissão, com a participação dos artistas locais: Sandra Braids, Visionapache, Nataly Fernanda, Carla Letícia e A Black Z.

O FESTIVAL DOS INVISÍVEIS tem como objetivo promover as artes produzidas nas periferias das cidades brasileiras, criando um movimento identitário para dar sentido a premissa: Quem somos? Para que serve nossa arte? Visa ser uma plataforma de projeção para o mundo, pela internet como um incentivo para os artistas, além de proporcionar ao público (no virtual) a diversidade cultural invisibilizada nas perifas brasileiras.

Para valorizar a produção local, uma curadoria interna convidou cinco artistas da música periférica de Porto Velho para gravar um pocket show que será exibido durante os dias de festival.

O projeto Festival dos Invisíveis foi selecionado no Edital nº 32/2021/SEJUCEL-CODEC 2ª edição Pacaás Novos, Eixo 1, Categoria D, De 26 a 31 de Janeiro de 2022, com recursos da Lei Aldir Blanc, Governo Federal. Realização Taquara Produções.

LOGOS TAQUARA_edited.png